Resenha: Meu Comandante (Encanto e Confusões #1) - Alanea Alder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Resenha: Meu Comandante (Encanto e Confusões #1) - Alanea Alder

Mensagem por Brina' [ADM] em Seg Jul 13, 2015 11:24 pm

Meu Comandante (Encanto e Confusão #1)
Alanea Alder



Sinopse: Quando o assunto dos netos surge durante a reunião semanal do círculo semanal dos matriarcas das famílias fundadoras, eles decidem procurar Elder Bruxa para verificar se os seus filhos têm companheiras e eles ficam chocados ao descobrir que muitas das companheiras de seu filho são humanas!
Temendo que as futuras companheiras de seus filhos acabem morrendo antes de serem reivindicadas e lhes proporcionar netos para estragar, eles se convencem de que algo deve ser feito. Depois de reunir todos os guerreiros juntos em uma cerimônia de premiação falsa, a Elder Bruxa, faz um feitiço para "puxar" as companheiras dos homens para eles, quer eles queiram ou não.
Aiden está convencido de que ele não precisa de um companheira e que essa somente ficará em seu caminho, mal sabe ele que o destino está lhe enviando! Ele conhece a sua companheira destinada, Meryn Evans, e as coisas vão por água abaixo. Nas primeiras 24 horas ela chuta, grita e o bate o deixando inconsciente. Eles finalmente descobrem que a vida antes de se encontrarem pode ter sido boa, mas a vida depois é perfeita, ainda que envolva batalhas com tampas de privada e acidentes com granadas de mão.
Resenha

Este livro que estou resenhando, meu primeiro diga-se de passagem, foi simplesmente uma surpresa fantástica para mim. Sabe aquele livro que você não dá nada por ele, mas que começa a ler e não para mais, pois é, foi isso que aconteceu comigo em Meu Comandante o primeiro livro da série Encanto e Confusão de Alanea Alder, uma autora que eu não conhecia, mas que passei a gostar depois de ler esse livro.

A série se trata de um romance paranormal em um universo totalmente paralelo e diferente de tudo que você já viu, e, diga-se de passagem, fantástico. Adorei o sistema deles. Nesse universo existem quatro principais cidades paranormais que estão “escondidas” em lugares distintos, cada cidade dessa é uma cidade de uma raça diferente e são chamadas de pilares. Lycaonia: a cidade shifter, Noctem Falls: a cidade dos vampiros, Danu Éire: a cidade Fae ou Fada e Tempestade: a cidade das bruxas.

Cada cidade destas é governada por um conselho formado por quatro “anciões”, um de cada raça e são chamados Elders. Detalhe que, por exemplo, o Elder Shifter de Lycaonia a cidade dos shifters, comanda os Elders Shifters das outras cidades, ou seja, ele acaba comandando a raça toda.

Depois deles, vem as Unidades de Comando que além de proteger a todos também desempatam, quando houver empate entre os votos do conselho já que o número de Elders é par. As Unidades são constituídas por cinco homens. Para Lycaonia, elas são formadas por: um líder shifter, um vampiro como segundo em comando, um shifter como terceiro em comando, um fae e uma bruxa e elas são divididas em Alpha, Beta e assim por diante com Alpha sendo o mais importante, lógico.

Essa imagem ao lado que eu coloquei é "como seria" mais ou menos os desenhos das tatuagens que os membros da Unidade Alpha tem e que designam suas raças e posições se eu não me engano, no livro explica melhor.

Como dito na sinopse, em uma reunião, o conselho se deparou com o fato de que as linhagens estavam em risco, pois muitos dos herdeiros não possuíam companheiras, então resolveram pedir para o Elder Bruxo, fazer um feitiço para que as companheiras sejam “puxadas” em direção aos seus companheiros acelerando assim o processo de acasalamento, e é ai que começa a história que se passa em Lycaonia a cidade dos shifter.

O nosso protagonista, Aiden, é um shifter urso líder da unidade alpha e herdeiro do Elder Shifter de Lycaonia, ou seja ela irá mandar em toda população shifter no futuro. Ele não tem companheira, mas desde que o feitiço foi feito sonha com sua companheira diariamente, até que um dia ele começa a ter pesadelos com sua companheira morrendo e ele não chegando a tempo de salvá-la. Com isso ele entra em desespero, pois acha que perderá a sua chance de se acasalar e sai para treinar com sua unidade visando tirar esses pensamentos de sua cabeça, e eis que surge Meryn.

Eu simplesmente amei de paixão a Meryn, dei altas risadas com ela, ela é tipo aquelas mocinhas nerd, anti-sociais, doida de pedra, mal-humorada, viciada em café e que não esta nem aí para as opiniões alheias. Resumindo ela é a minha mocinha perfeita, só para vocês terem noção de como ela é vou colocar um trecho que eu rachei de rir:


"Eu acho que estou me apaixonando por você." Ela disse, sem rodeios. Suas sobrancelhas se ergueram e ele olhou para ela. Pessoas passaram por eles em ambos os lados enquanto olhavam um para o outro.
"Bem, eu acho que estou começando a amar você também." Aiden resmungou suas bochechas da cor das maçãs vermelhas para venda na cesta ao lado deles.
"Bom. Café agora?"
Aiden pigarreou e acenou com a cabeça. Meryn notou que sua mão que agarrava a dela tinha ficado úmida e tremia um pouco. Seu urso parvo.”



O lance do café é bem tenso, tanto que ela põe medo naquele bando de marmanjo da Unidade Alpha inteira, e não é qualquer medinho não, é uma medo tão grande que fez o Aiden compar uma maquina de café expresso pra ela com questão de urgência, só falando...

Acho que deu pra sentir o drama né? Então, essa é a nossa Meryn, simplesmente fantástica e sem frescura. Não que romances “água com açúcar” não sejam bons, mas eu particularmente, prefiro um que não tenha tanto nhem nhem nhem, mas como eu sempre digo, essa é a minha opinião, então, vamos voltar ao assunto, ela literalmente pula uma cerca e se encontra com a unidade de Aiden treinando. Gente, quem em sã consciência só invade uma propriedade privada?? Ninguém!! Mas como eu disse essa é a nossa Meryn, mas enfim, com isso Aiden a reconhece de seus sonhos e a sequestra. No começo ela briga com ele, mas depois aceita o seu destino. Uma coisa que pode haver controversas é o jeito meio abrupto que ela aceita todo esse universo diferente, mas para mim foi o jeito dela, ela simplesmente, pensou, viu que não estava louca e nem vendo coisas, tinha um cara lindo e maravilhoso falando que queria ficar com ela pra sempre, viu que pior do que tava não dava pra ficar, alias muito pelo contrário se fosse ver ela que saiu ganhando porque estava completamente sozinha no mundo, aceitou o que o destino jogou na frente dela e pensou: é isso que o destino planejou pra mim? Então bola pra frete e vamos aproveitar porque a vida é muito curta! Como eu disse esse era o jeito dela, bem carpe diem, e como eu disse e repito eu amei só que pode haver pessoas que achem que foi rápido demais, fiquem à vontade para achar o que quiserem.


Agora vamos falar sobre o Aiden, ele é o epítome do homem perfeito, forte, protetor, possessivo, lindo de morrer, gostoso, rico, gentil, preocupado e até tímido às vezes. A cena em que a Meryn explica o que é a menstruação, porque ele não sabia o que isso era, e como ele se comporta depois é hilária mas além de eu ter rolado de rir eu também achei fofa a preocupação que ele teve com ela, por que vamos combinar, que mulher que não quer um homem que a encha de chocolate nos dias difíceis do mês? Todas nós queremos!! Portanto marmanjos de plantão #ficadica.

Bom, o romance deles dois é lindo, leve e sem muito drama. Tem um pouco de ação, nada muito exagerado, mas que só acrescentou e deixou o que era bom ainda melhor. Gostei bastante da Alanea ter colocado a comédia no meio da mistura, pois além de diversificar só ajuda a divertir os leitores e tirar um pouco do maçante que estão ficando os romances hoje em dia, estou com essa sensação ultimamente e como disse esse livro foi uma surpresa tremenda pois realmente não dava nada pela sinopse e fiquei muito feliz depois de lê-lo tanto que corri fazer a resenha, só espero que o próximo seja tão bom quanto esse.

Por fim, minhas considerações finais: amei já disse isso mais vou repetir quantas vezes for necessário foi um livro surpreendentemente fantástico, casal TDB, a mocinha foi perfeita em minha opinião, o mocinho nem se fala me apaixonei pelo Ainden, achei super bacana o universo que a autora criou o que só nos mostra como gênios os autores são, cenas hots muito boas nada muito exagerado até porque na minha humilde opinião tudo que é demais estraga, cenas de ação muito bem elaboradas e as cenas de comédia nem se fala simplesmente hilariantes. Então é por esses e muitos outros motivos que minha nota é um 10 com louvor e deixo para vocês essa recomendação fantástica, espero que leiam, gostem tanto quanto eu gostei, dividam comigo suas opiniões e que venha o Gavriel.

_________________



Arrow VISITE O BLOG PORTAL E-BOOKS: http://portale-books.blogspot.com.br  Wink
avatar
Brina' [ADM]


Mensagens : 19
Data de inscrição : 18/06/2015
Idade : 22

http://portale-books.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum